Uso do Uniforme
Julho 23, 2017

SIM OU NÃO

Muitas vezes nos parece fácil falar de limites. Educadores e psicólogos, enumeram uma série de regras e “porquês” do que se deve ou não fazer com os filhos. Mas por que na prática isso se torna uma tarefa não muito fácil?
Por que será que os pais se vêem esgotados e perdidos em momentos de repreender os filhos, em educá-los e em optar entre o sim e o não?
A princípio de tudo a criança precisa aprender o significado e sentido das palavras sim e não, e isso não acontece de um momento para o outro.
Segundo Içami Tiba,”as reações do pais ensinam as crianças a distinguir o sim do não. Quando os pais brincam e se divertem junto com a criança, há uma aprovação dos pais, isso significa sim. Quando a expressão dos pais modifica e a voz altera, isso significa não, ou seja, reprovação da atitude da criança”.
A auto-estima da criança não diminui quando ela ouve um não. O sim e o não são importantes, pois eles estabelecem limites e ajudam a criança a compreender o que pode ou não fazer. Porém, o sim só tem sentido quando o não existe. Portanto, não devemos ter medo de dizer não aos nossos filhos, afinal no decorrer de suas vidas, muitos não lhes serão ditos. Devemos sim, explicar o motivo do não. E ensinar nossos filhos a alcançar a felicidade com o que possuem e com o que podem ter, não com o que desejam, pois o desejo é passageiro, mas a verdadeira felicidade, essa sim permanece.

Os comentários estão fechados.